autopecas

Manual de Auto Peças – Instalação de turbo em motores diesel

In Uncategorized on setembro 21, 2009 at 11:19 pm
Fonte: O Mecânico Online

Acompanhe a troca do conjunto de turboalimentação dos caminhões Mercedes-Benz equipados com o motor OM 366 e as dicas de manutenção dos fabricantes para esses importantes componentes

Carolina Vilanova

Quando o conjunto de turbo de um caminhão apresenta problemas, o mecânico tem que estar atento antes, durante e depois de efetuar a manutenção. Isso porque é essencial detectar exatamente se o problema é mesmo no turbo, aplicar o produto corretamente e saber o que causou a falha para prevenir que não ocorra novamente na peça nova aplicada.

Alguns sintomas apresentados quando o turbo tem falhas podem ser confundidos com avarias do próprio motor. São eles: perda de potência, emissão de fumaça preta ou branca, ruídos e consumo excessivo de combustível. Por esse motivo, o técnico deve ter certeza de que é o turbo que precisa ser reparado, antes de começar o serviço. Então, analise todo o conjunto do motor e faça os testes apropriados antes de remover o conjunto de turboalimentação.

As manutenções gerais do motor realizadas corretamente e no prazo determinado pela montadora previnem que o turbo tenha desgastes prematuros. Logo, trocar o óleo lubrificante e os filtros, além de utilizar combustível de qualidade, são fundamentais para o bom funcionamento do conjunto.

Outro problema grave pode ser provocado pela falta de lubrificação do sistema. Por isso cheque o nível do óleo e verifique se está livre de contaminação, deterioração e oxidação do óleo. Veja também se não tem vazamentos ou falhas no sistema de filtragem.
Na hora da troca

Acompanhe a substituição de um conjunto de turbo dos caminhões Mercedes-Benz equipados com o motor OM 366. Esse programa foi exibido em O Mecâniconline com o apoio técnico da Oficina Diesel Truck, autorizada da Garrett.

1) Após a remoção do turbo danificado, realize uma inspeção geral para diagnosticar a causa do problema. Verifique se há trincas ou rachaduras nas mangueiras da tubulação de admissão (1A). Limpe o alojamento do filtro de ar, que deve ser substituído juntamente com o filtro e o óleo lubrificante. (1B)

1a 1b

2) Em seguida, examine o sistema de lubrificação do turbo e se o tubo de alimentação de óleo está em boas condições, sem amassados, trincas ou obstruções.

3) Faça uma checagem na tubulação de retorno do óleo lubrificante até o cárter, veja se há trincas, ressecamento ou outros defeitos. Se necessário, substitua as peças danificadas por novas.

Obs.: É recomendado fazer a verificação da pressão de óleo do motor e checar com os dados do fabricante do veículo.

4) Depois, confira se há placas ou objetos estranhos nas saídas do coletor de admissão e da tubulação de escapamento (4A). Verifique se a borboleta do sistema de freio motor (4B) não está acionada ou obstruída e faça uma inspeção geral no silencioso do escapamento.

4a 4b

 

Dicas para assegurar a garantia do produto e do serviço prestado
Retire o turbo novo da embalagem e verifique se o produto não sofreu algum dano proveniente de acidentes no transporte.

Verifique se está com o lacre do fabricante do produto.

Analise os componentes internos e veja, principalmente, se o conjunto rotativo está rodando livremente.

Preencha o certificado de garantia, que vem na embalagem, com todos os dados. Isso é necessário para assegurar a tranquilidade de seu cliente e de sua oficina, caso seja necessária a troca do produto.

Montagem: procedimentos iniciais

1) Na hora da montagem, faça uma inspeção e certifique-se de que não existe resíduos no coletor de admissão, pois corpos estranhos podem ser sugados para dentro do motor, causando avarias.

Obs.: Outro problema é a entrada de uma grande quantidade de óleo lubrificante no sistema de admissão que causará calço hidráulico no pistão. Para evitar, retire um bico injetor e faça uma análise no cilindro. Se o veículo possuir o sistema de intercooler, faça a remoção do conjunto e realize uma limpeza no sistema.

 

2) Inicie os procedimentos de montagem colocando os prisioneiros que fixam a carcaça do lado da turbina (2A). Solte os parafusos para poder regular o ângulo de montagem entre as carcaças do conjunto (2B).

2a 2b
2c

Obs.: Um componente que merece atenção especial é a conexão que fica entre a saída de ar comprimido e a entrada do coletor de admissão. Troque os anéis de vedação sempre que remover o componente para algum procedimento de manutenção (2C).

3) Faça a conexão com o coletor de admissão. Coloque a junta que fica entre a saída dos gases e o sistema de escapamento e monte o conjunto no veículo (3A). Repita a operação na conexão entre o turbo e o coletor do escapamento e fixe a peça (3B).

3a 3b

Obs.: para facilitar o manuseio fixe a peça com duas porcas.

4) Encaixe a saída da carcaça do lado do compressor na conexão com o coletor de admissão e alinhe o conjunto para obter a vedação ideal. Fixe a carcaça da turbina.

5) Verifique o alinhamento do conjunto e aperte os parafusos na parte central entre as carcaças, iniciando pelo lado da turbina e seguindo para o lado do compressor. Na parte central do turbo, observe que o furo de entrada do óleo lubrificante, voltado para cima, é menor que o da saída para o cárter, que está para baixo.

6) Para finalizar o procedimento de fixação do conjunto, instale a tubulação de óleo lubrificante. Comece pelo tubo de alimentação do óleo e, em seguida, fixe as conexões da tubulação de retorno do lubrificante até o cárter (6A).

6a 6b

Obs.: Não aplique cola ou outro vedante líquido nas regiões onde vão as juntas de entrada e saída do óleo lubrificante para o turbo (6B).

7) Antes de montar a tubulação de admissão de ar, verifique se não existem placas que podem se descolar da parede interna da peça (7A).
Fixe a tubulação na entrada de ar do turbo e na saída do alojamento do filtro de ar. Veja se a tubulação possui outras conexões de saída de ar para outros componentes do veículo (7B).
Pirata, não!

7a 7b

É sempre importante lembrar que o sistema de turbo pode ser pirateado no mercado paralelo, então cuidado para não ser enganado. Conforme a Honeywell Turbos Tecnologies, fabricante dos turbos Garrett , os turbos piratas não detém a tecnologia do produto e trabalha com medidas e tolerâncias ineficazes, já que são segredos de fábrica.

As peças internas recolocadas no reparo pirata não são originais e não tem qualidade, além ter material e espessura que comprometem a durabilidade do produto e a segurança do usuário.

Reman é uma boa opção

Uma dica para quem quer gastar menos, mas manter a qualidade é utilizar uma peça remanufaturada, cuja troca dos itens internos é realizada pelo próprio fabricante. Porém, é importante que o técnico saiba diferenciar uma peça remanufaturada de uma recondicionada, alerta a Borgwarner.

Enquanto a remanufaturada aproveita-se a carcaça e trocam-se todos os componentes internos por novos. Já nas peças recondicionadas, os componentes são reaproveitados sem critério, as carcaças são construídas com sobremedidas alterando a característica aerodinâmica do turbo, que pode ocasionar, excesso de temperatura, aumento do consumo de combustível, perda de potência e fumaça.

Na BorgWarner, o pessoal técnico é treinado e apto para analisar todas as peças utilizadas para remanufatura. Além disso, os mesmos equipamentos utilizados para medição de peças novas, tais como, rotor do compressor, conjunto eixo rotor, carcaça central e demais peças, são também utilizados para medir nossas peças remanufaturadas. Além disso, tem 100% de garantia da fábrica.

Colaboração técnica: Oficina DieselTruck

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: